6 de set de 2012

Compactando o que descompactou.


Então você comprou aquele pó compacto que tanto sonhava, ou aquela linda sombra ou blush compacto que namorava há tanto tempo.
Finalmente o produto tão desejado está em suas mãos.
Você o segura delicadamente, e se prepara para estrear seu pó/sombra/blush compacto quando, de repente, não mais que de repente, num lapso de desatenção ele cai de sua mão e se espatifa contra o chão, transformando o que era compacto em um monte de farelos.
Quem nunca passou por isso que atire a primeira pedrinha de maquiagem quebrada!
E quem nunca teve vontade de se jogar sobre as migalhas derramadas de seu pó/sombra/blush ex-compacto e chorar copiosamente até o mundo acabar, que se apresente!
Eu sei, eu sei.
Já vivi isso na pele, e é trágico.
Porém, a única coisa que não tem solução neste mundo é a morte – e tenho para mim que até isso é uma questão de tempo.
Por isso, amiga, enxugue suas lágrimas, levante deste chão e preste atenção: dá para consertar teu produto, que antes era compacto, e que agora está em mil pedaços.
Você vai precisar de:
.
Álcool líquido
Um recipiente pequeno
Uma colher de café
Lenço
Algo mais firme para prensar (opcional)
.
Primeiramente, você colocará os restos mortais de sua maquiagem quebrada neste pequeno recipiente, e transformará as pedrinhas que sobraram em pó, esmigalhando-as com a colherinha.
Encha a tampa da embalagem do álcool (aquela azulzinha) com o próprio álcool, e o misture com o pó de sua maquiagem, mexendo-os até que o que era pó se torne uma massa.
Então você deverá limpar bem limpinha a embalagem onde, antes, sua maquiagem habitava.
Com a colherinha, pegue esta massa e a recoloque na embalagem. É importante que você deposite esta massa, que obteve com a mistura do álcool e do pó da maquiagem quebrada, em todo o recipiente, sem deixar espaços, compactando-a sempre com a colher.
Coloque o lenço por sobre esta embalagem, agora preenchida com a massinha de maquiagem/álcool, e pressione, comprimindo ainda mais o produto. E então... Fim! Maquiagem novamente bonita e compactada, prontinha para usar!
Depois de colocar a massa na embalagem do produto, e apertar o lenço contra ela, a maquiagem ficará compactada e o álcool evaporará, ficando bem firme. Ou seja: uma beleza!
Claro que não é por isso que não teremos todo o cuidado e carinho na hora de utilizar nossas maquiagens compactas, mas, se por um aborto do destino, você se distrair e a maquiagem se espatifar contra o chão, ou quebrar dentro de sua bolsa, há luz no fim do túnel, meninas!
E é fácil, fácil, que nem passar um batonzinho.
Beijo!

24 de ago de 2012

Olheiras? Não, obrigada.

 
Seja pela correria nossa de cada dia, por problemas circulatórios, período menstrual, estresse ou até mesmo pela genética, as olheiras foram, são e, possivelmente, continuarão sendo a inimiga número um da maioria das mulheres.
Elas podem ser crônicas ou passageiras. As crônicas são as olheiras por hereditariedade, ou seja, herdadas pela família. Já as passageiras são aquelas que ocorrem só de vez em quando, como, por exemplo, depois de uma noite mal dormida.
A boa notícia é que tem jeito.
A indústria de cosméticos já inventou mil fórmulas e produtos com o intuito de amenizar as ditas cujas; fórmulas e produtos que, de fato, amenizam – apesar de não acabar com elas em definitivo. A cura ainda não foi encontrada, mas isso – acredito eu – é apenas uma questão de tempo.
Porém, enquanto esse dia não chega, a maquiagem – nossa amiga querida de infância – desempenha um papel importante nesta luta implacável contra nossa tendência de, independente da origem, acordar parecendo um urso panda.
Nestes casos, o corretivo é tudo o que precisamos para sermos felizes para sempre e, em se tratando de olheiras, ele deve ter uma cor específica para o tipo de olheira que você apresenta.
Sim, porque são vários os tipos, e cada um possui seu truquezinho (e seu corretivo colorido) específico:
.
Olheiras amarronzadas/amareladas: neste caso, aposte no corretivo lilás, que disfarça manchas amarronzadas e amarelo-alaranjadas. Aplique o produto somente na área da olheira e, após, vá de base e pó no tom de sua pele.
.
Olheiras profundas - roxas: o corretivo de tom amarelado é o mais indicado, pois a cor amarela neutraliza o roxo. Para isso, você deve aplicar uma quantidade mínima de corretivo somente na área da olheira, e depois passar base e pó para uniformização.
.
Olheiras profundas roxas/esverdeadas (ocorre comumente em pessoas de origem oriental e árabe): este tipo de olheira pode ser corrigida com um corretivo de tom vermelho, ou fundo avermelhado. O tom de pele de certas etnias tem fundo cor de oliva, e o vermelho ajuda a neutralizá-lo. No entanto, essa correção deve sempre ser seguida da aplicação de base e pó na tonalidade de sua pele.
.
Olheiras ou áreas escuras em pele negra: aplique um corretivo mais claro sobre as olheiras ou as áreas mais escuras da pele. Ficará estranho inicialmente, mas após a aplicação da base e do pó, estes sim no tom de sua pele, o resultado será surpreendente.
.
O quê? Você não possui nenhum corretivo colorido e não faz a menor ideia de onde comprá-lo? Não se desespere, minha cara, que há ainda uma outra opção!
Basta que adquira um corretivo um tom mais claro que a cor da sua base. Mas, veja bem: eu disse UM TOM. Nada de comprar um corretivo cinco tons mais claro que o da sua base, pois o que ocorrerá então é o que chamamos de panda invertido, isto é, ao invés de um círculo marrom/arroxeado em volta dos olhos, vai ficar parecendo que você tomou sol e esqueceu de tirar os óculos.
E nós não queremos isso, certo?
Foi o que pensei.
Um corretivo num tom mais claro que o de sua base disfarçará um monte tuas olheiras, já que a regra é esta: manchas escuras são camufladas com corretivos claros, e vice-versa.
Aí fica fácil, né?
.
E como eu aplico o corretivo? O corretivo deve ser aplicado aos poucos e em pequenas quantidades. Passe o corretivo com a ponta dos dedos, dando leves batidinhas, e somente na região a ser corrigida. Se você passar o corretivo da mesma maneira como aplica a base, não adiantará nada, pois você espalhará o produto ao invés de concentrá-lo onde ele deve ser concentrado.
.
Existem também muitas receitas caseiras, simples e muito práticas, para amenizar as olheiras. Receitas estas que você poderá fazer antes da maquiagem, e que ajudarão a suavizá-las.
.
*O chá de camomila acalma a pele. Ferva por cerca de 20 minutos e faça compressas com algodão na região das olheiras, até esfriar.
* O pepino também ajuda, controlando o fluxo da região.
* O chá verde é outro grande aliado. Faça o mesmo processo realizado com o chá de camomila.
.
Pronto. Depois disso, é só se jogar no corretivo e sair com cara de noite bem dormida e família geneticamente beneficiada pela ausência de olheiras.

10 de ago de 2012

BB Cream: OI?

Sim.
O nome do cosmético que você nem sabia que não podia viver sem se chama BB Cream, e é a mais recente novidade do mercado.
Se bem que, com a quantidade de recentes novidades do mercado pintando a cada cinco minutos, nem sei se já não é assunto de ontem. Ou anteontem. Enfim. Eu o descobri agora, e por esta razão ainda não o experimentei. Mas achei tudo tão sensacionalmente incrível e promissor, que conclui que valia o post.
Vamos por partes.
Primeiro: que raio é esse negócio de BB Cream?
Pesquisei e descobri que BB Cream é praticamente um milagre dentro de um frasco.
O produto promete regenerar a pele, além de possuir propriedades calmantes. Ele também hidrata, clareia, protege e, como se não bastasse, combate acne e rugas. Acha que terminou? Pois tem mais! Ele ainda serve como base (com várias tonalidades disponíveis), primer e sabe-se lá Deus mais o que.
Quando a esmola é demais o santo desconfia, eu sei.
Porém, neste caso, tenho a nítida impressão de que vale a pena pagar para ver. Quem usou, aprovou.
Mas vamos entender quem é, de onde veio e o que pretende este produto, que pode ser nosso melhor amigo de infância em breve.
O BB Cream foi desenvolvido por uma dermatologista alemã, inicialmente como uma solução pós-peelings e lasers, com o objetivo de cobrir imperfeições, proteger e ajudar na regeneração da pele das pacientes.
O produto foi aprimorado e se popularizou na Ásia, principalmente pelas coreanas, famosas pelo culto excessivo à beleza e busca por uma pele perfeita e muito branca.
Aqui no Ocidente caiu no gosto e nas maletas de grandes maquiadores, que ganham tempo no processo hidratante/primer/base, e ainda obtém um resultado bacana.
Estou interessada, seriamente interessada em experimentar.
Porque, se cumprir o que promete, ganharemos tempo, espaço em nossa nécessaire, e alegria de viver.
O que mais poderemos querer?

25 de jul de 2012

Nova Linha de Maquiagem!

Amigas leitoras, leitoras amigas e amantes de maquiagem em geral: novidades pintando na área – e das boas!
Logo, logo teremos mais uma linha de maquiagem DAQUELAS para gastarmos todos os nossos reais como se não houvesse amanhã!
Estou falando da linha de maquiagem Alice Salazar que, como o próprio nome diz, tem por trás a super maquiadora, além de queridíssima, Alice Salazar.

Alice.
Para quem não sabe, Alice, gaúcha de 28 anos, ganhou simpatia, fãs e notoriedade ao postar na internet vídeos em que ensina como fazer as mais diferentes maquiagens, de todas as cores, para todas as ocasiões. Todos os seus vídeos vêm recheados de dicas sensacionais, tudo muito, muito bem explicadinho. Até meu avô aprenderia a se maquiar assistindo suas aulas virtuais.
Daí para os quase 500 mil acessos que seu blog recebe todos os meses, foi um pulo.
Alice iniciou como maquiadora como iniciam quase todas as maquiadoras: fazendo um curso profissionalizante. Logo após foi trabalhar no Canal Rural, onde era responsável por arrumar os cabelos e fazer as maquiagens dos repórteres e apresentadores. Neste meio tempo, Alice criou o blog Espelho Meu e caiu nas graças do público.
E se engana quem pensa que é somente na rede que Alice ensina seus truques e dá suas dicas: ela já abandonou seu emprego na RBS para se dedicar exclusivamente aos cursos de auto-maquiagem que ministra Brasil afora, do Oiapoque ao Chuí – literalmente. Segundo a maquiadora, ela não passa mais do que dois dias por mês no Rio Grande do Sul, e até o dia 15 de dezembro, não conta com um final de semana livre.
E pra coroar, dentro de alguns meses, Alice passa a se fazer presente, além da tela de nosso computador, em nossa penteadeira e em nossa nécessaire.
Segundo Alice, lançar sua própria linha de maquiagem é um projeto antigo, e não contará com o patrocínio de nenhuma marca de maquiagem. Será um projeto original, independente. A linha começará com um número limitado de produtos, que irão aumentando com o tempo.
Desde o ano passado a maquiadora desenvolve protótipos, juntamente a um grupo de químicos, escolhendo sempre as melhores cores, testando a fixação, analisando texturas.
- Sou bem chata. Os produtos vêm para teste e voltam, até ficar do jeito que eu quero! – conta Alice, em um de seus vídeos disponíveis no blog.
Logo, podemos aguardar produtos de altíssima qualidade.
A partir de agora, amiga, moedinhas de troco do supermercado dentro do porquinho!
Não vai dar para não experimentar!

14 de jul de 2012

Sinta-se bem.


Escrevo neste blog há certo tempo, e aqui já falei de tudo um pouco: dicas de maquiagem, preparação da pele, cores de sombra, bases, batom vermelho, glitter, cílios postiços. Opções para que toda mulher, independente de seu estilo, idade e profissão, possa se sentir mais bonita e confiante – este é, afinal, o principal objetivo de todo cosmético.
E em se tratando de maquiagem, assim como se tratando de quase tudo nesta vida, existem algumas regras: se carregar no olho, suavize na boca. Se usar cílios postiços, pegue mais leve nas cores da sombra. Se tiver a pele morena, opte por batons assim; se tiver a pele clara, opte por batons assado. Muitas, muitas regras. E eu, bem, eu detesto regras. Acho, inclusive, que elas existem basicamente para serem quebradas.
E a postagem desta semana é exatamente sobre isso: quebrar, estraçalhar, arrebentar em mil pedaços todas as regras da maquiagem.
- Você enlouqueceu.
Dirão alguns.
E eu provarei que não e, para isso, permitam-me dar um exemplo prático e baseado em fatos reais.
Na época da faculdade, eu tinha uma amiga que possuía um estilo bem peculiar. Bem peculiar MESMO. Uma vez, ela chegou à aula usando uma calça verde-limão, uma blusa rosa-choque e um sapato azul-celeste. Imaginaram? Acharam horrível? Imaginando eu também acharia. Mas acreditem, minhas queridas: ela estava linda.
Neste dia em especial, lembro que cheguei pra ela e disse: cara, como é que você mistura azul-celeste, verde-limão e rosa-choque, e fica linda?
Sabem o que ela me respondeu?
- Por que eu me sinto bem assim.
Olha, vou dizer que minha vida se resume em antes & depois deste episódio.
Naquele dia eu entendi uma coisa que é simples, e ao mesmo tempo complexa: as regras são inúteis para quem tem um estilo, e tem coragem o bastante para assumi-lo.
Qualquer especialista em moda diria que é o Ó usar calça verde-limão com blusa rosa-choque e sapato azul-celeste. Isso então se configuraria em uma regra. Mas, no momento em que a pessoa que usa se sente bem, passa a ficar bem, a parecer bem, e todo mundo, contrariando as expectativas, passa a achar aquela combinação improvável de cores bonita.
Em contrapartida, talvez se esta minha amiga vestisse o vestido mais genial, mais caro e mais absoluto, assinado pelo estilista mais genial, caro e absoluto da face da terra, e se sentisse estranha, este vestido ficaria estranho para ela.
Compreendem onde quero chegar?
Você pode usar o que quiser, desde que se sinta bem, desde que tenha estilo e personalidade suficiente para carregar este visual.
Se você seguir as regras da maquiagem, e carregar no batom suavizando na sombra, conforme dizem ser o certo todos os especialistas em maquiagem, e não se sentir bonita, não estará bonita. Acredite.
Mas se, ao contrário, você fizer olhão & bocão e se achar a última bolachinha do pacote, será a última bolachinha do pacote e, contra tudo e contra todos, as pessoas lhe acharão linda – inclusive os especialistas em maquiagem – porque você estará se sentindo linda.
Essa é, talvez, a única dica realmente relevante em se tratando de maquiagem, de moda, de corte de cabelo e de tudo o mais que existir nessa vida.
Sinta-se bem.
E todos sentirão a mesma coisa quando olharem para você.
Vai por mim.

14 de jun de 2012

Sombras Adesivas.

Então você fez cursos de auto-maquiagem, assistiu mil tutoriais na Internet e não tem jeito de aprender a usar a dita da sombra. Você simplesmente não consegue aplicar, não consegue esfumaçar, não sabe onde começa e onde termina e, no final, tudo vira uma lambança e você desiste!
Então você decreta:
Não sei usar sombra! Meu destino será viver de rímel e lápis, ou recorrer a um maquiador profissional! Buáá”.
Calma, amiga, não chora!
Até nisso os cientistas e criativos em maquiagem já pensaram.
Sim, eu estou falando da sombra adesiva.
Oi? Como assim?
Explicarei.

Irina Iosilevich, a maquiadora inventora do produto, buscava uma maneira de reproduzir o trabalho de um makeup artist - mas sem esforço e acessível para todas as mulheres, mesmo aquelas sem habilidades com o pincel.
O resultado é um adesivo que transfere a sombra para as pálpebras. Para aplicar, você posiciona o produto sobre os olhos e fricciona com o dedo, fixando a cor como se fosse um carimbo. Na hora de tirar, um demaquilante específico para a região dos olhos funciona bem.
Por ter composição semelhante à das sombras tradicionais, a durabilidade é parecida, e caso o desenho escolhido seja um esfumado ou uma combinação de cores, ainda dá para alterar o resultado com um pincel!
Até o presente momento, existem três marcas que oferecem a maquiagem em adesivo aqui no Brasil: a Avon, a ColorOn (marca americana referência no assunto e detentora da patente do produto desde 1992) e a Eye Majic. Ela é vendida em embalagens com dez adesivos, que podem ser usados para cinco aplicações, ou com vinte adesivos, para dez aplicações.
No entanto, é importante saber como usar a maquiagem em adesivo para que ela não cause estranheza ou não pareça artificial demais.
Primeiro, limpe bem a pálpebra em que ela será aplicada. Passe um hidratante e a base líquida por todo o rosto, para que a pele fique uniformizada.
Então feche os olhos e levante a sobrancelha, para que a superfície fique plana e torne a aplicação mais fácil. Com as duas mãos, aplique a sombra adesiva instantânea começando pelo canto interno dos olhos. Depois, pressione o adesivo por 4 segundos em toda a superfície, para que a cor seja bem fixada nas pálpebras.
Pronto! Agora é só puxar o papel que acompanha o adesivo e os seus olhos estarão lindamente maquiados. Depois é só terminar a maquiagem, aplicando rímel, lápis, blush, batom e pó.
Se por acaso você achar que a sombra ficou muito forte, passe uma esponja ou os próprios dedos sobre as pálpebras para esfumaçar e clarear um pouco as cores das sombras. Ou, se você preferir que as cores fiquem mais misturadas, antes da aplicação passe o dedo sobre a superfície do papel que contém o adesivo, para que elas criem um degradê mais natural.
Com a sombra adesiva, a mulher ganha tempo na hora da maquiagem. E como se não bastasse, a sombra adesiva ainda promove uma mistura harmoniosa de cores, que podem ser esfumadas ou em degradê, processos difíceis e demorados para algumas mulheres.
Fim de papo, amiga. Agora não tem mais desculpa para não sair toda trabalhada no olhão!
Ah! Interessadas podem adquirir as sombras através de uma consultora Avon, ou pela internet, em sites como o www.tudodemaquiagem.loja2.com.br ou no Mercado Livre. O preço varia de R$10 a R$50.
Vamos nessa?

31 de mai de 2012

A Vida Útil de sua Maquiagem

Você comeria um iogurte vencido? Não? E um pão, com aqueles mofinhos nojentos e esverdeados? Também não? Então imagino que também descartaria aquele arroz de anteontem que foi esquecido em cima do fogão e criou uma asquerosa película de bactérias em sua superfície, correto? E você está mais do que certa, minha amiga!

Mas a pergunta que não quer calar é: se o iogurte, o pão e o arroz vão para o lixo depois de encerrada sua vida útil, por que raios você continua usando uma maquiagem cujo prazo de validade já se foi, heim???
Não pode, garotas do meu Brasil, mas não pode mesmo. No caso de alimentos vencidos, geralmente sua aparência ou cheiro nos impede de sequer pensar em utilizá-los, mas em se tratando de cosméticos e, principalmente, de maquiagem, muitas vezes ignoramos o prazo de validade, já que não iremos comê-los e sua aparência não costuma se modificar tanto assim quando a validade passa e fica para trás.
Mas eu garanto: tão perigoso quanto tomar um iogurte vencido ou comer um pão e um arroz embolorado é passar no seu lindo rostinho produtos que já venceram, e que deveriam estar no lixo, e não na sua penteadeira.
Pensem comigo: a maquiagem vai direto para o nosso rosto, nossos lábios e, o perigo dos perigos, nossos olhos. E após vencer, sabemos que a utilização de qualquer produto deixa de ser segura e passa a se tornar ameaçadora. Afinal, comer um iogurte vencido pode dar uma tremenda dor de barriga e depois passar, mas pode também lhe causar uma infecção estomacal grave. A maquiagem idem. Usar um produto que já venceu pode ocasionar apenas uma coceirinha boba, ou uma inflamação tenebrosa. Quem vai pagar pra ver?
O maior problema da maquiagem é que o prazo de validade geralmente vem na caixinha do produto, e não em sua embalagem. E a caixinha, claro, acabamos jogando fora. E daí, como saber se o produto que estamos usando ainda está dentro do seu prazo de validade?
Simples: confira a listinha que eu preparei abaixo, faça um cálculo mental e veja se já está na hora de jogar fora seus produtinhos de beleza:
.
* Rímel: de 3 a 6 meses
.
* Base: de 6 a 12 meses
.
* Corretivo: de 8 a 12 meses
.
* Pó facial: 12 meses
.
* Sombras: 12 meses
.
* Gloss e batom: 12 meses
.
* Blush em creme: 12 meses
.
* Lápis de olhos, sobrancelhas e lábios: 12 meses
.
* Blush em pó: 24 meses
.
* Pó bronzeador: 24 meses
.
A partir de agora, já sabe: sempre que adquirir uma maquiagem nova, verifique o prazo de validade na embalagem e cole uma etiquetazinha no produto, só para garantir.
Outra dica é: use suas maquiagens.
Sim, use sempre, todos os dias. Conheço um monte de meninas que compraram alguma maquiagem importada, por exemplo, pagaram os olhos da cara pelo produto e simplesmente não usam – ou só usam em ocasiões especiais. Resultado: o produto acaba indo para o lixo praticamente novo.
MUITO IMPORTANTE: a cor e a textura da maquiagem não costuma se modificar após seu vencimento, ao contrário do pão, do arroz e do iogurte. Mas não se deixe enganar: quando a cor e a textura de uma maquiagem se altera, é por que ela praticamente apodreceu. Isto significa que, não é por que seu batom continua com uma aparência vibrante e linda que não poderá causar transtornos terríveis aos seus lábios.
Fiquem atentas, garotas!
O assunto é sério, e acredito que ninguém aqui vai querer gastar uma pequenina fortuna em tratamentos por que insistiu em passar um blush vencido no rosto, né?
Acreditem: é mais barato comprar um blush novo do que pagar uma consulta em um dermatologista.
Então abra o olho, gata.

17 de mai de 2012

Lavando nossos pincéis!

Não façam essas caras de surpresa, meninas do meu coração!
Afinal, se lavamos nossas roupas, nossos sapatos, nosso rosto, nossa casa, por que não haveríamos de lavar nossos pincéis de maquiagem?
Já aprendemos aqui para que serve cada um, e quais são aqueles imprescindíveis de se ter em casa. Agora vamos aprender a livrá-los dos ácaros, fungos e bactérias nojentas, que se propagam loucamente quando nossos pincéis não passam pela devida higienização!
Vamos lá?
Primeira regra: você foi até a loja e comprou todos os pincéis que precisa para arrasar na maquiagem. Que ótimo, que bom, parabéns! O que você deve fazer tão logo chegar em casa? Não, não, não. Nada de usar os pincéis. Mesmo os pincéis novos – e eu diria até que PRINCIPALMENTE OS PINCÉIS NOVOS – devem obrigatoriamente ser lavados antes de ser utilizados. Vocês não vão acreditar na inhaca que sai deles. Às vezes, a cor da água chega a ficar verde, marrom, e até preta. Não é exagero, faça o teste.
Compreendido isso, vamos adiante: para a limpeza dos pincéis, você deve usar um sabonete líquido antibacteriano, ou mesmo um produto específico para a lavagem de pincéis, que você encontra em lojas de cosméticos.
.
Mas não se preocupe, pois dá para substituir numa boa por xampu de bebê. Isso mesmo, xampu de bebê. O mais importante é que o produto que você utilizar possua PH neutro, para não danificar as cerdas.
Na pia, coloque uma pequenina quantidade de xampu na palma da mão, e a umedeça com água. Molhe um pouquinho as cerdas do pincel e, em movimento circulares, passe o pincel na palma de sua mão. Ali vai ficar a sujeira, a tal inhaca colorida.
Este procedimento deve ser repetido uma segunda e, se necessário, uma terceira vez, até que a espuma fique branquinha. Enxágue o pincel com água, em temperatura ambiente ou morna. Nunca utilize água quente, pois isso também poderá danificar as cerdas do pincel.
Evite molhar o cabo do pincel, pois ali a água terá mais dificuldade de evaporar, e poderá acabar apodrecendo o cabo, ou até mesmo danificando a cola que mantém as cerdas do seu pincel no lugar.
Outra dica é pegar um potinho pequeno e raso e enchê-lo com água e xampu, mergulhando somente as cerdas dentro dele e fazendo movimento circulares. Lembre-se: eu disse somente as cerdas.
Você também pode aplicar uma pequenina quantidade de condicionador infantil, para que as cerdas dos seus pincéis não fiquem espigadas. O sistema operacional é o mesmo do xampu: aplique um pouquinho de condicionador na palma da mão e deslize as cerdas do pincel sobre ele. Em seguida enxágue.
É muito importante que não fique resquício algum de xampu ou de condicionador nos seus pincéis. Se não é bom deixá-los em nosso cabelo, tampouco é bom que fiquem em nossos pincéis, correto?
E como secá-los, Jana?
Após a lavagem, pressione uma toalha de papel em seu pincel, retirando o excesso de água. Depois, como o pincel continuará úmido, deixe-o secar ao natural. Não tente nunca apressar o tempo de secagem usando secadores de cabelo ou expondo seus acessórios ao sol – o calor pode queimar, ressecar e danificar as cerdas.
Para uma secagem saudável, deixe as cerdas livres, leves e soltas. Evite apoiar o pincel e forçar as cerdas, pois isso pode deixá-las tortas. Também não coloque o pincel na vertical com as cerdas para cima – essa posição favorece que a água acumulada nas cerdas escorra e chegue até a cola e o cabo de madeira.
A melhor posição para secar seus pincéis é na horizontal, de preferência apoiados na borda de uma mesa ou pia, com as cerdas para fora, sem qualquer contato com a superfície. Caso isso não seja possível, repouse os pincéis sobre uma folha de toalha de papel, em uma superfície plana. Prefira utilizar toalhas de papel em vez de toalhas de tecido, pois o papel vai ajudar a absorver a água e acelerar o tempo de secagem.
IMPORTANTE: certifique-se de que os pincéis estão realmente secos antes de guardá-los, para evitar a proliferação de bactérias e aumentar a vida útil dos seus acessórios. O processo de secagem varia entre 24 e 48 horas, dependendo do tipo de cerda de cada pincel.
E se você guarda seus pincéis em um estojo, é importante lavar o estojo também, pois ali vivem mil bactérias.
Pincéis de uso pessoal devem ser lavados a cada quinze dias. Mas se você é uma maquiadora profissional ou costuma maquiar as amigas para a balada, lave-os no mínimo uma vez por semana.
Pode não parecer, mas a sujeira contida em um pincel pode causar alergias e irritações bem tristes, além de diminuir consideravelmente a vida útil destes acessórios. E nós não queremos isso, certo?
Por isso, bora no mercado comprar um xampuzinho neutro e mãos na água!

4 de mai de 2012

Cílios Postiços: Uma Missão Possível!

Uma verdade incontestável: apesar de existirem no mercado N marcas de máscaras para cílios, que alongam, engrossam, esticam e puxam, nenhuma delas, nem mesmo a mais badalada e a mais sensacional, fazem pelos teus cílios o que um cílio postiço é capaz de fazer.
Mas antes de irmos adiante, passo o microfone para ele, o mestre, o guru, o guia espiritual de todas as amantes de maquiagem: com vocês, Fernando Torquatto!
Aplausos.
“Num piscar de olhos eles se tornam protagonistas absolutos da maquiagem. Só que, para aderir, não basta colocá-los e missão cumprida. Cílios postiços pedem mudança de postura, ousadia, definição do restante da maquiagem e planejamento de toda a produção. Só assim você se sentirá à vontade para piscar com a maior naturalidade. Não tem nada mais fora de moda do que apostar num produto artificial de grande poder e continuar na mesmice”.
Primeiro é isso. O cílio postiço funciona tal e qual o batom vermelho. Fica lindo para todas – e eu disse TODAS – as mulheres, mas é preciso ter força suficiente para carregar este estilo. Você carrega? Maravilha!
Então vamos para o passo dois: a cola.
Tão importante quanto o cílio em si, é a cola quem vai definir se você fará carão & olhão a noite inteira, ou se antes das duas da manhã seu cílio cairá e se transformará em um adereço nada interessante na sua bochecha. A maioria das colas que encontramos na farmácia não são exatamente de qualidade, mas quebram um galhinho amigo. Mas se quiser sair segura de si, eu indico a cola DUO, que seca rapidinho e tem efeito transparente. Custa cerca de R$40, mas dura uma vida. Não. Três vidas.
Você precisa saber, antes de tudo, que existem cílios inteiros e cílios em tufos. Os cílios em tufos, como o próprio nome diz, são cílios em pequeninos tufinhos, cada um com três ou quatro pelinhos, que você cola um a um, conforme seu gosto. Para uma auto-aplicação é muito mais difícil, e requer certa coordenação motora acima da média. Para aplicar em casa, sozinha, opte pelos inteiros, que são mais fáceis de colar e dão um efeito bem mais glamouroso.
Ok? Ok.
A maquiagem já deve estar toda pronta na hora de colocar os cílios, inclusive com o curvex e o rímel. Isso evita que caia base ou sombra sobre os cílios postiços, transformando sua maquiagem numa gororoba. Se for necessário, após a aplicação dos cílios, você pode fazer pequenos retoques.
Então você irá medir o tamanho do cílio com o tamanho do seu olho. Muitas vezes, é necessário cortar um pedacinho, para que ele se encaixe bem na dimensão dos seus olhos. Se precisar, opte por cortar o cílio na parte interna, já que queremos olhão dramático na parte externa, correto?
Retire um pouco da cola da embalagem e, antes de utilizá-la, espere alguns segundos (tipo quinze ou vinte) para que ela seque um pouquinho e não fique tão líquida. Assim a aplicação fica bem mais fácil, pois evita cola escorrendo e aquela lambança toda.
Passe a cola apropriada em toda a extensão dos cílios postiços, concentrando mais cola na parte interna e externa – locais onde ela geralmente costuma descolar.
O cílio deve ser colocado junto da raiz dos cílios naturais. Se você colá-los sobre os cílios naturais pode comprometer o resultado e a fixação. Se você colá-los acima da raiz dos teus cílios naturais, ficará medonho, então, muita calma nessa hora.
Recomendo também que você não utilize cílios com proporção uniforme, isto é: todos os fios do mesmo tamanho, de ponta a ponta, pois, além de ficar bastante artificial, ainda pode lhe incomodar lá pelas tantas. Opte pelos cílios mais curtos na parte interna dos olhos, e mais longos na parte externa. Esses, sim, arrasam.
Depois de colados, se quiser, você ainda pode aplicar outra vez o curvex, para unir seus cílios naturais aos postiços, além de dar um efeito bem bacana. No entanto, atenção! Não aplique o curvex na raiz dos cílios, como fazemos com nossos cílios naturais. Aplique-o acima da raiz, para não descolar o postiço.
.
MAS JANA, E DEPOIS, O QUE EU FAÇO COM OS CÍLIOS?
.
Bem simples. Chegando em casa, você apenas puxa os cílios devagarzinho, com muito carinho e amor, que ele vai se soltar sem maiores problemas. Não vai doer nada, e muito menos vai arrancar seus cílios naturais. Se quiser, você ainda pode limpá-lo com demaquilante e guardá-lo novamente na caixinha em que ele veio quando você o comprou. Isso permitirá que você o utilize outras tantas vezes, e manterá seu formato original – o mesmo da caixinha.
Eu recomendo. E veja que o Fernando Torquatto também. Só por ele eu já me jogava!
Beijo!

19 de abr de 2012

Maquiagem para quem usa óculos.

Se “por trás desta lente também bate um coração”, conforme já cantou deliciosamente Herbert Vianna, por trás desta lente também cabe lápis, rímel e delineador!
Sim, amigas: não é por que você usa óculos que as meninas do Leblon não olharão mais para você – por causa de sua maquiagem, naturalmente.
Quem usa óculos pode, deve, precisa, tem o direito e até mesmo o dever moral e cívico de se maquiar. Até porque, foi-se o tempo em que os óculos impediam a maquiagem de aparecer e acontecer.
Hoje, com dicas e truques simplíssimos, você pode estar linda, maquiada e, sim, de óculos, por que não?
.
SOBRANCELHA
.
- A sobrancelha é um dos primeiros itens a merecer atenção. Ela nunca deverá ficar escondida sob a armação dos óculos, e precisa estar sempre limpinha e bem desenhada. Uma boa dica é tirar apenas os fios em excesso, procurando não afiná-la.
- Independente do formato da armação dos óculos, é importante realçar a linha da sobrancelha, desenhando um leve ângulo com um lápis apropriado – neste caso, dê preferência ao lápis em detrimento da sombra, pois ele delineia com maior precisão e destaque.
.
- Maquie a sobrancelha conforme a cor da armação dos seus óculos. Se a armação é clara, procure um tom mais escuro, e vice-versa.
.
OLHOS E SOMBRAS
.
- Imaginar que seus olhos não conseguirão destaque por de trás das lentes é lenda. Digo isso porque muitas meninas, iludidas de que a maquiagem nos olhos (um dos pontos de destaque, diga-se de passagem) não vai aparecer, acabam carregando a maquiagem em outros pontos do rosto, como a boca, criando assim vários focos de atenção. Resultado: muita informação para um rosto só.  
.
- Uma sombra clara é uma boa opção para valorizar a região acima da armação.
.
- Opte por realçar o formato dos seus olhos, utilizando mais a trindade lápis, rímel e delineador, e menos sombra. PS: não significa, de maneira alguma, que você não pode usar sombra. Pode, e fica lindo. Mas é ainda mais importante realçar o formato dos olhos, para dar aquele tchan.
.
- É muito, muitão, muitíssimo importante levar em conta a cor da armação dos óculos na hora de escolher as cores da maquiagem.
Caso a armação seja colorida, não caia na tentação de usar o mesmo tom nos olhos ou na boca. Se a armação dos óculos for preta, por exemplo, use uma maquiagem natural e evite sombras escuras.
Já quem usa óculos sem o aro ao redor da lente pode abrir o champanhe: as opções são infinitamente maiores, praticamente as mesmas de quem não usa óculos.
.
RÍMEL
.
- ATENÇÃO com o rímel! Evite passar muitas camadas, pois seus cílios podem brigar com a armação dos óculos, incomodando pra caramba. Sem contar o risco de sujar as lentes. Por isso, prefira um rímel que dê volume, e não que alongue.
.
- Tenha cuidado para que o rímel não grude, formando aqueles detestáveis tufinhos nos cílios – as lentes os destacarão ainda mais. DICA DO DIA: usar o pincel de um rímel mais antigo, sem nenhum produto, para pentear e ‘desembaraçar’ os fios é tiro e queda.
.
- O curvex é essencial, primordial, indispensável. Tudo isso porque deixa os fios ‘viradinhos’, colaborando para que eles não se encostem às lentes dos óculos.
.
- Usar rímel nos cílios inferiores é uma boa ideia. Mesmo.
.
BASE
.
- Como os óculos ficam apoiados no nariz, essa região tende a ficar mais oleosa. Aposte numa base e num corretivo específico para peles mistas e oleosas. Evite os excessos, sempre, e produtos cremosos demais.
MUITA CALMA NESSA HORA!
.
- Se você tem miopia, a lente tende a deixar os olhos menores. Para dar a impressão de que são maiores, vá de cores claras. Vale também um tom escuro no canto externo e um claro no centro. O contorno com lápis deve ser feito por fora.
.
- No caso de quem precisa usar óculos por conta da hipermetropia, o olhar pode parecer maior. A forma de diminuir esse efeito é optar por cores escuras. O lápis deve ser usado na linha d’água.
.
DICA FINAL:
.
- Na hora de comprar os óculos, esteja com a maquiagem habitual. Dessa forma, já confere o efeito que terá.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...